Workshop de sobremesas francesas em Paris – Café Gourmand

Em Janeiro, estive em Paris. Sempre tive o sonho de aprender a cozinhar como os franceses ( Não deixem meu marido italiano ler isso ).

Como estava passeando, não tinha tempo de fazer um curso completo de culinária, então resolvi me inscrever num workshop de um dia e aprender pelo menos algumas sobremesas. E então escolhi o Café Gourmand. Um conceito muito KOOL de juntar várias mini-sobremesas, num prato só. Além de delicioso, é lindo de se ver. Aquela coisa de comer com os olhos!

O Café Gourmand é um conceito culinário muito interessante e pelo que pesquisei, acredita-se que surgiu em Paris, por volta do ano de 2005.

É prático, te dá a oportunidade de provar vários sabores e a melhor parte: sem culpa, são mini-sobremesas. Te dá a impressão de que você não vai engordar. Será?

A minha experiência foi ótima e por incrível que pareça, (haha) acreditem… Eu consegui fazer tudo bonitinho!  Pois bem, vamos ao que interessa:

O programa era composto de 3 pratos: Compote de Poire et Langue de Chat  – compota de pera e língua de gato, o biscoito. Baba au Rhum e  Creme Brûlée Chocolate.

cafegourmand

Começamos pelo Creme Brûlée – Eu achei o máximo ser de chocolate. É inovador. É delicioso e super fácil de fazer, desde que você tenha os ingredientes e equipamento corretos. Dá prá fazer adaptando alguns ingredientes e substituir o maçarico pela grelha do forno, mas não vai sair igual, acredite. O segredo da cozinha francesa é a minuciosidade, a escolha exata dos ingredientes. E junto com isso, a técnica que é própria deles. Outra coisa! Nada de medir ingredientes em xícaras, como fazemos no Brasil. Tem que ter balança. Tudo é medido em gramas, até as gemas.

Enquanto fazíamos a massa do Baba, a professora chef,  já estava com as peras descascadas e  no fogo para fazer a compota. Foi tudo muito dinâmico. No começo achei que não ia dar tempo, mas uma tarde foi suficiente para aprender tudo. E assim foi. Nos dividimos em grupos e cada grupo ia fazendo uma coisa. Quando nos demos conta, o básico estava pronto e era hora de montar os doces. Essa parte foi mais demorada. É tudo feito ali. Desde o chantilly, até tirar as sementinhas de baunilha da própria folha. Incrível mesmo! Apaixonante.

Se vocês quiserem saber mais, eu posso postar as receitas.

E aí? Já tá com água na boca?

La Cuisine Paris
80 Quai de l’Hôtel de ville
75004 Paris, France
01 40 51 78 18
lacuisineparis.com